ARTIGOS

Conforto térmico em empresas com ventilação natural

19

abril

Conforto térmico em empresas com ventilação natural

 

Há um crescente interesse na aplicação de ventilação natural na indústria devido à energia, à qualidade do ar em ambientes fechados e a problemas ambientais associados a edifícios que contém ventilação mecânica.

Vários sistemas mecânicos contribuem consideravelmente para o consumo de energia.

Já que os benefícios da ventilação natural, como redução dos custos de operação, melhoria da qualidade do ar em ambientes internos e conforto térmico em diversos climas diferentes, vêm sendo reconhecidos, o resfriamento passivo usando a ventilação natural se tornou uma alternativa atraente para aliviar os problemas associados ao ar condicionado de uma construção.

 

O que é conforto térmico?

É um termo genérico que descreve o quão satisfeito um ocupante está em um determinado espaço.

Há diversas métricas usadas para medir o conforto térmico: A mais comum é a temperatura do ar, porém existem outras que levam em conta a temperatura radiante, a umidade, o movimento do ar, e até mesmo as roupas que os ocupantes estão vestindo.

 

Por que o conforto térmico é importante?

Há diversas situações onde é importante saber calcular o conforto térmico. Aqui estão algumas razões comuns para considerá-lo como parte de um projeto de design:

  • O projeto possui um componente de ventilação natural e a planta precisa ser projetada para maximizar a frequência de condições confortáveis.
  • O projeto possui zonas com uma grande quantidade de vidro, e é importante verificar o quão confortáveis os ocupantes perto dessas zonas estarão.
  • O projeto está trabalhando para alcançar uma alta taxa de aprovação ou um bom resultado no que diz respeito ao conforto, e os primeiros testes precisam ser realizados para verificar se será possível alcançar o desempenho desejado.

Estar ou não termicamente confortável depende do equilíbrio de calor do ocupante em relação ao ambiente ao seu redor. A maneira mais comum para avaliar a qualidade de um ambiente fechado do ponto de vista do conforto térmico se dá através da avaliação de certos fatores, que influenciam esse equilíbrio de calor:

  • Temperatura do ar
  • Velocidade do ar
  • Umidade relativa do ar
  • Taxa Metabólica
  • Tipo de roupa
  • Temperatura de superfícies internas

Além da taxa de satisfação ser extremamente maior para espaços com ventilação natural, eles tendem a ter um melhor desempenho em termos de conforto térmico e qualidade do ar interno, comparado a outros edifícios.

De acordo com Sidonio Porto, um arquiteto especialista em projetos voltados para os segmentos residencial, comercial e industrial, para que a temperatura em um ambiente fabril seja agradável, deve haver diversas soluções projetuais: “São recursos arquitetônicos como a ventilação cruzada permanente, que pode ser controlada por elementos vazados, ou de caixilhos fixos abertos, ou de caixilhos móveis”, diz ele.

 

conforto-termico-venezianas-lanternin-domus

 

Além disso, o uso de cores claras na envoltória e no telhado, e também de materiais de qualidade para o isolamento térmico são fundamentais: “Uso nas coberturas as estruturas metálicas com telhas do tipo sanduíche, com bons resultados”, diz Sidonio.

Para alcançar um certo conforto em uma edificação, deve-se levar em conta a eficiência térmica e a insolação certa na hora de projetá-la, bem como a ênfase em ventilação natural e o sombreamento de fachadas, e não somente seu espaço e sua decoração.

Atualmente, o desafio não é somente prover conforto térmico para que o ocupante desempenhe suas atividades com um maior aproveitamento, mas é fazer isso consumindo pouca energia.

A climatização artificial, como, por exemplo, o famoso ar-condicionado, nem sempre é garantia de conforto e ainda pode ser um vilão do consumo energético.

Nesse caso, a melhor saída, principalmente em edificações com grandes fachadas envidraçadas, é ter aliados como brises, persianas e películas de poliéster aplicadas sobre o vidro, que reduzem o ofuscamento causado pela luminosidade e bloqueiam os raios UV, diminuindo a absorção do calor.

+ Leia Mais: A taxa de renovação do ar em ambientes industriais com ventilação natural

+ Leia Mais: O que é e como funciona o Lanternim

 

Sombreamento e brises

A técnica de sombreamento é muito comum em lajes e em ambientes externos. Para isso, alguns equipamentos são instalados na área, criando um sombreamento sobre ela. É válido destacar que qualquer material permite este sombreamento.

Os Brises são elementos arquitetônicos que bloqueiam a incidência de luz solar, tornando possível o sombreamento das fachadas.

brise-industria-fachada

 

“E, no caso de indústrias, o brise é muito mais simplificado do que em uma fachada cortina, por exemplo, pois pode ser uma simples tela. Inclusive, podemos deixar a vegetação subir na tela de uma parede que pega sol poente, por exemplo, criando um brise estético e funcional”, diz o arquiteto.

Um projeto de ventilação natural na indústria, por exemplo, deve ser muito bem planejado e todos os detalhes devem ser levados em consideração, desde as condições climáticas do local onde a construção será feita até os materiais mais simples.

 

Sheds

Este tipo de cobertura é muito usual em projetos de indústrias, pois permitem que o ar quente, que penetra no ambiente pelas superfícies inferiores das fachadas, suba e saia naturalmente.

cobertura-shed

Uma solução menos convencional para levar ar fresco ao chão de fábrica é o insuflamento geotérmico, como destaca Sidonio Porto: “Através de um tubo enterrado, o ar do ambiente é levado para o subsolo através de bomba, e volta resfriado”, assegurando assim maior conforto térmico.

 

Lanternins e venezianas industriais

A solução mais recorrente em edifícios industriais para gerar conforto térmico é a criação de uma circulação de ar constante e natural a partir do uso de venezianas industriais – que além de criar a entrada de ar também favorece a iluminação natural. E também os lanternins, que permitem que o ar quente acumulado seja expulso pela cobertura, gerando uma corrente contínua.

 

 

O conjunto, quando adequadamente dimensionado e instalado, também impede a condensação dentro da construção e eventual gotejamento a partir da parte interna do telhado.

Para conhecer todas as soluções em ventilação natural do Grupo MB para a indústria, baixe nosso catálogo de soluções ou solicite agora um orçamento pelo formulário abaixo.

Aceitamos Cartão BNDES

Solicite seu orçamento: resposta em até 3 dias úteis.