ARTIGOS

climatizador industrial

21

julho

Climatizador industrial ou Lanternim: qual a melhor opção para a sua indústria

 

Amplamente debatido no universo da construção civil, o indicador de Qualidade do Ar Interno (QAI) serve para mensurar a concentração de contaminantes presentes no ar de ambientes fechados, como galpões industriais. A pandemia do novo coronavírus mostrou ao mundo de forma mais clara a importância de se atentar à circulação do ar neste tipo de ambiente, e o uso de algum tipo de climatizador industrial é fundamental para efetivar este processo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as pessoas passam cerca de 90% de seu tempo em ambientes fechados. Especialmente nas fábricas, onde o trabalho não pôde parar durante a pandemia, pensar na taxa de renovação do ar ajuda a prevenir doenças, melhora o conforto térmico garantindo condições saudáveis de temperatura e umidade, e influencia diretamente na produtividade e retorno financeiro para a empresa.

Conheça neste artigo algumas opções para projetar adequadamente a troca de ar no seu galpão industrial e avalie qual formato pode se adequar melhor ao seu cenário.

 

Porque pensar na troca de ar em galpões industriais

Implementar medidas de segurança possui mais de um viés positivo, além de evitar o descumprimento de normativas reguladoras do setor e de receber denúncias via Ministério do Trabalho, existe a importante questão da preservação e cuidado da saúde e bem-estar dos colaboradores.

Entendendo que o gatilho mais importante deve ser justamente o cuidado da saúde e bem-estar das pessoas, os outros objetivos acontecem naturalmente. Caso contrário, ambientes fechados com ar saturado ou temperatura alta podem gerar uma série de sintomas, caracterizadores da Síndrome do Edifício Doente (SED):

 

  • Dor de cabeça;
  • Irritação, dor, secura, coceira ou constante lacrimejamento nos olhos;
  • Constipação e irritação nasal ou coriza;
  • Secura, dor ou irritação na garganta;
  • Sensação de opressão, dificuldade respiratória ou chiado na região toráxica;
  • Fadiga, letargia ou sonolência;
  • Secura, coceira ou irritação na pele;
  • E dificuldade de para manter a concentração no trabalho.

Além do prejuízo à saúde dos colaboradores, a falta de troca de ar inadequada por meio de um climatizador industrial ou sistema de ventilação natural pode ocasionar, dentre os contaminantes presentes no ar, um acúmulo de poeira acima do ideal nos equipamentos e produtos ali armazenados.

Isso gera impactos na rotina e no desempenho dos colaboradores, portanto, a troca de ar correta garante melhor produtividade e só traz benefícios a todo o processo.

 

Como funciona a taxa de renovação do ar na indústria

A renovação do ar corresponde à troca total do volume de ar interno de um ambiente em um determinado período de tempo, e é expressa em trocas por hora. Para se chegar na taxa correta para o seu galpão é preciso conhecer precisamente suas dimensões, pois o número final é resultado da vazão em m³ por segundo dividida pelo volume total do galpão.

A taxa de renovação do ar é o principal parâmetro que você deve levar em conta para definir que tipo de recurso irá implementar, climatizador industrial ou  ventilação natural. Confira a seguir mais detalhes sobre cada um deles.

 

Climatizador industrial: ventilação mecânica

O climatizador industrial pode ser apresentado em alguns modelos diferentes, como fixo, portátil e evaporativo, sendo que você deve ponderar a adequação à situação e contexto do seu galpão. Independente do modelo, o funcionamento deste recurso é o mesmo: o ar é captado, transferido para o sistema de filtros e expelido a uma temperatura de 10º a 12ºC mais baixa do que entrou.

O objetivo do climatizador industrial é tornar o ar de ambientes internos mais fresco e confortável para quem ali transita. Este é um recurso que promove economia financeira em sua compra e também na conta de luz, pois o consumo apresenta taxas baixas.

Ao comprar um climatizador industrial é preciso conferir as informações relacionadas às taxas de renovação de ar do ambiente em questão, características do galpão e especificidades climáticas que possam interferir na potência de funcionamento.

 

Lanternim: ventilação natural

Da mesma forma que o climatizador industrial, a estrutura do Lanternim tem como objetivo fomentar a troca de ar dentro de galpões. No entanto, este é um sistema de ventilação totalmente natural, sem uso de energia elétrica para seu funcionamento, apresentando esta como uma das grandes vantagens.

O Lanternim é uma estrutura metálica instalada no telhado dos galpões e trabalha em parceria com as entradas de ar disponíveis na obra — sejam elas janelas ou venezianas — para promover a entrada do ar novo e fresco e a saída do ar mais quente acumulado do galpão.

Por meio de uma combinação dos efeitos Chaminé e Venturi, o Lanternim permite a troca de todo o ar do galpão de forma natural por meio da ventilação cruzada, com a vantagem de garantir ainda a preservação dos telhados diante de rajadas de vento e chuva e a redução do peso total do galpão por meio da pressão negativa e efeito de sucção aplicados.

Atenção aqui para o Lanternim Meia Tulipa, que apresenta metade do peso, valor reduzido, mas não contempla a estrutura completa que proporciona a ocorrência do efeito Venturi!

Para saber o tipo de Lanternim ideal para a sua estrutura é preciso olhar para o tipo de telha, o projeto de paginação interna da edificação e até mesmo o segmento da indústria. Além disso, tenha em mãos as medidas das aberturas de Entre Terças, pois é nelas que a estrutura será instalada.

Por ser totalmente focado em ventilação natural e troca de ar por meio de efeitos físicos proporcionados pela estrutura metálica, o Lanternim não consome energia elétrica, sendo um favorecedor da sua economia e busca por eficiência energética em toda a planta industrial.

Saldo final: qual opção é melhor?

Se você estiver procurando melhorias para o bem-estar dos colaboradores no ambiente de trabalho e ainda experimentar uma grande redução de custos no seu orçamento com economia de energia elétrica, a ventilação natural pode ser o melhor caminho.

No entanto, tenha em mente que esta constatação você vai precisar fazer de acordo com o contexto e as necessidades da sua fábrica, em conjunto com a sua equipe, e pode contar com os nossos especialistas para maiores informações. Entre em contato!

Aceitamos Cartão BNDES

Solicite seu orçamento: resposta em até 3 dias úteis.