logo-2022
Grupo MB - Projetos industriais de iluminação e ventilação natural

Iluminância: entenda como o conceito se relaciona à produtividade

Você sabia que a visão é responsável por mais de 70% de toda a informação sensorial recebida pelo cérebro? E o que isso tem a ver com a iluminação e produtividade no local de trabalho? O conceito de iluminância explica essa relação, configurando-se como o grau de iluminação adequado para que o ambiente corporativo ofereça conforto e segurança visual na realização das atividades, o que estimula o desempenho das equipes.

Até 2013, a avaliação de iluminância em galpões industriais era regulamentada pela norma NBR 5413. De lá para cá, o Ministério do Trabalho atualizou a normativa, substituindo-a pela NBR 8995-1, que traz regras um pouco mais específicas para a iluminação de ambientes corporativos, como no caso dos galpões industriais.

Entre as regras, destaca-se a elaboração de projetos luminotécnicos que considerem as inovações do mercado em termos de eficiência energética e sustentabilidade, a exemplo da substituição de lâmpadas convencionais por LEDs. Nesse sentido, é dever dos gestores e profissionais da Segurança do Trabalho avaliarem o cumprimento das normas técnicas para garantirem um local de trabalho salubre, confortável e produtivo.

Isso pode ser feito por meio da medição dos critérios que interferem na luminosidade do galpão, como brilho, iluminância e fluxo luminoso. O luxímetro é o aparelho que permite essa avaliação, sinalizando se o local proporciona o conforto visual necessário para que os colaboradores possam realizar as tarefas com conforto e segurança.

Neste conteúdo, falaremos mais sobre o tema, explicando como os sistemas de iluminação natural viabilizam um fluxo luminoso adequado sem que seja necessário consumir energia elétrica. Continue a leitura e entenda como se adequar às normativas e elevar seu galpão industrial a um patamar mais sustentável!

As vantagens da iluminação natural para o ambiente de trabalho

Uma das grandes vantagens da iluminação natural para ambientes corporativos é o fato de o fluxo luminoso ser difuso e se dispersar de maneira uniforme por todo o galpão, o que eleva o conforto visual das equipes. Além disso, reduz-se a necessidade de grandes intervenções, como estruturas espelhadas e direcionadores de luz, muito comuns nas luminárias em geral. Os demais benefícios incluem:

  • Mais bem-estar e disposição para os colaboradores;
  • Menor probabilidade de erros e acidentes;
  • Melhoria na convivência das equipes;
  • Mais salubridade na cadeia de produção;
  • Economia de energia elétrica;
  • Aumento da produtividade em geral.

Qual o nível de iluminância ideal?

Com tantas vantagens da iluminação natural, você deve estar se perguntando: qual o nível de iluminância ideal para garantir que esse tipo de sistema funcionará em alta performance? O nível de iluminância (medido em lux) ideal para cada ambiente é definido pela NBR 8995-1, que estabelece critérios específicos para locais de trabalho.

A natureza das atividades realizadas no local é o que determina se a iluminância deve ser maior ou menor. Atividades que precisam de mais concentração e acuidade visual estão relacionadas a projetos luminotécnicos que demandam grandes níveis de iluminância.

Não à toa, o Ministério do Trabalho dispõe de normas regulatórias tão robustas, de modo a garantir que os padrões de segurança estão sendo mantidos. Esta é mais uma prova de como esse fator é importante para a produtividade e eficiência das equipes. Afinal, em um local mal iluminado, além do risco de acidente, as equipes geralmente não rendem bem. A seguir, daremos mais detalhes sobre o que dizem as normativas.

Normas Brasileiras NBR 5413 e NBR 8995-1

Vimos que os valores de iluminância adequados para cada ambiente dependem do tipo de atividade em desenvolvimento no local. As normativas indicam, por exemplo, o mínimo necessário de 150 lux em setores de estocagem e passagem e 300 lux ou 500 lux de iluminância no setor de produção.

Já na seção referente à indústria elétrica, fica estabelecido que o ambiente deve manter 1500 lux de iluminação. Em linhas gerais, em galpões que não demandam trabalho visual criterioso, um bom número de referência é 750 lux. Essa definição, no entanto, dependerá dos fatores considerados pelas equipes do projeto luminotécnico.

A iluminância e a iluminação natural no ambiente de trabalho

Os sistemas de iluminação natural são altamente recomendados para potencializar os níveis de iluminância no ambiente de trabalho. Esse tipo de solução inteligente garante índices mais do que suficientes para atender os valores exigidos pelas normas técnicas. Tudo isso sem consumir energia elétrica para funcionar.

Ou seja, trata-se de um investimento com retorno garantido em termos de economia e sustentabilidade para os galpões industriais. Um exemplo de sistema de iluminação natural são os domus linear, capazes de manter a fábrica bem iluminada – de forma estratégica e uniforme – por cerca de oito horas de expediente sem necessitar de lâmpadas artificiais.

Veja mais detalhes sobre os sistemas de iluminação natural para indústria e entenda como funcionam!

Além de contribuírem para a indústria atingir a eficiência energética, os domus linear são fáceis de instalar e demandam pouca manutenção, o que também favorece o fluxo orçamentário da empresa na hora de configurar o projeto luminotécnico. Para você entender como essa solução funciona na prática considere o seguinte exemplo de um supermercado localizado na cidade de Biguaçu, Santa Catarina:

O supermercado conta com domus linear do Grupo MB, especialista em soluções de iluminação e ventilação natural para a indústria. Os domus desse supermercado foram fabricados em policarbonato alveolar, de modo a potencializar a incidência da iluminação natural.

O luxímetro mostra que, com essa instalação, os níveis de iluminância alcançaram a faixa de 1500 lux, isto é, bem mais do que o necessário para atender às normas técnicas. Isso comprova que, além da eficiência do sistema, a indústria ganha em sustentabilidade e qualidade de vida no trabalho, já que o conforto visual é garantido sem qualquer gasto energético.

Gostou da ideia? Conheça os principais modelos e métodos de instalação dos sistemas de iluminação natural e surpreenda-se com os resultados!

pt_BR

O Grupo MB utiliza cookies sob o objetivo de melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições. Para entender melhor leia a nossa Política de Privacidade.

Clique no botão abaixo para entrar em contato via WhatsApp