ARTIGOS

taxa de renovação de ar industrial

23

novembro

A importância de melhorar a taxa de renovação do ar industrial com ventilação natural

Melhorar a taxa de renovação de ar industrial é mais do que uma necessidade para elevar a produtividade nos parques fabris. É também uma maneira de tornar as instalações mais sustentáveis e valorizar a imagem da empresa no mercado. Como as indústrias estão sujeitas a uma série de poluentes e substâncias, contar com um bom sistema para renovação do ar é fundamental para manter os níveis de salubridade.

Além de assegurar a qualidade do ar no local, a renovação constante proporciona conforto térmico e impacta no rendimento dos colaboradores. A ventilação natural é uma das maneiras mais eficientes de melhorar a taxa de renovação de ar e proporcionar um ambiente corporativo saudável. Continue a leitura e entenda essa relação!

O que é e como calcular a taxa de renovação de ar industrial?

guia-ventilacao-natural-para-a-industria

O cálculo de renovação de ar se dá pela fórmula: T = Q/V, onde Q é a vazão em metros cúbicos por segundo, V o volume em metros cúbicos e T a taxa de renovação do ar. Em outras palavras, a taxa de renovação do ar está associada ao número de vezes que um determinado volume de ar é totalmente renovado em um dado intervalo de tempo.

Importante mapear que a taxa é indicada em trocas por hora, ou seja, o número de vezes que o volume de ar de um ambiente é inteiramente trocado a cada hora. Esse é o parâmetro mais importante para calcular as aberturas necessárias em um projeto de ventilação natural. Além disso, somente com uma taxa de renovação ideal é possível manter o conforto térmico e a qualidade do ar em ambientes internos.

Por que se preocupar com a taxa de renovação de ar industrial?

Como vimos, a taxa de renovação é uma grandeza que está diretamente relacionada ao conforto e bem-estar no ambiente de trabalho. Por isso, o assunto é tema de diversas pesquisas que avaliam os impactos da qualidade do ar na produtividade dos colaboradores.

A Agência Europeia do Meio Ambiente, por exemplo, possui centros para estudar a qualidade do ar em recintos fechados e como isso impacta no rendimento das pessoas. Além da literatura especializada, o Código de Obras do Município – conjunto de leis e normas que controlam e fiscalizam a construção civil em âmbito municipal – também é uma fonte fundamental para o correto dimensionamento de projetos de ventilação.

Esse documento estabelece normas de aberturas para construções residenciais, comerciais e industriais, a fim de assegurar a ventilação mínima necessária para manter os níveis de salubridade nos ambientes. Em Belo Horizonte, por exemplo, o Código de Obras determina uma abertura mínima de ⅙ da área total do piso em salas comerciais.

Considerando todos esses fatores, fica evidente que monitorar a taxa de renovação de ar industrial não é apenas mais um parâmetro de conforto. Esse indicativo é, sim, um componente imprescindível nas novas obras arquitetônicas e em retrofits de projetos antigos, sejam eles residenciais, industriais ou comerciais em geral.

Por que a ventilação natural é a melhor solução?

A renovação do ar pela ventilação natural é a opção mais sustentável do ponto de vista energético e do investimento financeiro. A instalação de venezianas industriais e lanternins maximiza os fenômenos que melhoram a taxa renovação do ar industrial, como os efeitos Venturi e chaminé. Em seguida, resumimos as principais vantagens de investir nessa solução.

Redução de custos com energia elétrica

Ao otimizar a taxa de renovação de ar a sua indústria reduz consideravelmente os gastos com climatizador industrial (aparelho de ar-condicionado) e  com ventilação forçada (ventiladores e exaustores mecânicos). Assim, atingir eficiência energética na indústria será só uma questão de tempo. Sem falar que as equipes ficarão muito mais produtivas, já que o conforto térmico evita problemas como dores de cabeça, cansaço e desidratação.

Vale lembrar que em alguns casos, como atmosferas com grande densidade de partículas ou presença de processos químicos específicos, a ventilação forçada é necessária. No entanto, é possível aliar esta solução à ventilação natural, especialmente quando o objetivo é a manutenção do conforto térmico e da qualidade do ar.

Diminuição do risco de doenças respiratórias

Diversos problemas respiratórios também podem ser evitados com um projeto de ventilação natural. Embora sistemas de refrigeração modernos possuam filtros eficientes, alguns elementos podem prejudicar esse processo. Além de o ar ficar mais seco e não se renovar no ambiente fechado, a limpeza e a manutenção inadequada podem acabar introduzindo partículas de poeira e sujeira nos aparelhos, favorecendo a propagação de vírus, fungos e bactérias.

Controle da umidade e condensação no galpão

Esse é um problema comum em galpões industriais, principalmente os de cobertura metálica. Condições ambientais como a diferença entre a temperatura interna e externa ou a umidade do ar podem gerar condensação na parte interna do telhado, acumulando água e criando gotejamento.

Este cenário pode trazer prejuízos para a manutenção das máquinas, para a conservação de produtos armazenados e para a saúde dos funcionários. Um sistema de ventilação ajuda a prevenir esse problema, já que a taxa de renovação do ar industrial estará adequada às dimensões da fábrica, evitando umidade excessiva e, consequentemente, a condensação.

Como obter o máximo desempenho do seu sistema de ventilação natural?

Dimensionar corretamente as aberturas do sistema de ventilação natural é pré-requisito para garantir um projeto eficiente. Afinal, são essas aberturas que vão fornecer a área suficiente para que a taxa de renovação de ar industrial seja compatível com as necessidades de cada galpão.

Atualmente é possível executar esse dimensionamento com mais rapidez e assertividade, principalmente a partir do auxílio de metodologias como a modelagem em BIM (Building Information Modeling) e o CFD (Computacional Fluid Dynamic). 

A primeira tem como principal funcionalidade a criação de plantas de construções inteligentes, integrando todo o ciclo da construção civil de forma tridimensional para proporcionar uma visão ampla do todo. Dessa forma, é possível fazer as avaliações necessárias para ter uma ideia antecipada de como as soluções de ventilação natural vão se estabelecer no galpão. 

Assim como a modelagem BIM, o CFD também torna o projeto mais eficiente ao validar os cálculos de renovação do ar para prever uma instalação ideal conforme as especificidades do galpão. 

O Grupo MB trabalha com essas metodologias inovadoras para garantir uma entrega 100% compatível com as necessidades de cada projeto. Inclusive, disponibilizamos este guia completo para instalação, inserção e ajustes dos parâmetros do lanternim de ventilação natural na modelagem BIM.

Estamos há mais de 15 anos no mercado como referência na fabricação, distribuição e implementação de soluções inteligentes e customizadas para projetos industriais de iluminação e ventilação natural nos mais diversos segmentos.

Fale com um de nossos especialistas e faça um orçamento sem compromisso!

Aceitamos Cartão BNDES

Solicite seu orçamento: resposta em até 3 dias úteis.